5 problemas de saúde que aparecem pelos olhos

14 DE AGOSTO DE 2020

De infecções a câncer, muitas são as doenças que se manifestam pelos olhos. Conheça algumas e saiba o que fazer para proteger sua visão e o resto do corpo.
 

Olhos vermelhos, visão embaçada, desconforto visual… nem sempre essas chateações estão relacionadas a problemas nos olhos. As janelas da alma também ajudam a identificar sinais de que há algo de errado no organismo. E, se nada for feito a tempo, a visão corre sério risco de perder a nitidez — ou até apagar de vez. 
 

1. Diabetes

Os globos oculares sofrem quando a taxa de açúcar no sangue permanece elevada — um traço típico dessa condição, em especial quando descontrolada. Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, seus portadores chegam a ter uma probabilidade 25 vezes maior de perder a capacidade de enxergar. 
 

Aqui, um grande vilão é a retinopatia diabética, que acomete acima de 75% das pessoas que convivem com a glicemia elevada há mais de 20 anos. Caracterizada por danos nos vasos sanguíneos que irrigam a retina, ela começa com pontinhos pretos na visão e pode terminar em cegueira. O diabetes também aumenta em 60% o risco de catarata, que embaça a visão. 
 

Para evitar esses estragos, o indivíduo deve controlar a glicose e se consultar com profissionais regularmente. 
 

2. Toxoplasmose

Estamos falando da invasão do parasita Toxoplasma gondii, encontrado, por exemplo, nas fezes de gatos ou em alimentos mal higienizados. Em adultos, ele pode deflagrar febre, cansaço, coriza, caroços no pescoço… e, depois de um tempo, sintomas nos olhos. São eles: dor, vermelhidão, aparecimento de pontos flutuantes no campo visual e aversão à claridade. 
 

3. Doenças reumatológicas

Embora muito associadas a incômodos e deformidades nas juntas, elas não raro afetam os olhos. Isso porque encrencas como a artrite reumatoide são autoimunes.  Nesse contexto, as células de defesa atacam estruturas do corpo — e os protagonistas da reportagem não são exceção. 
 

“Quando o primeiro sintoma não é dor articular, é uma alteração na visão”, destaca o reumatologista Marcelo Pinheiro, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Desconfie de vermelhidão, coceira, sensibilidade à luz e secura. 
 

Cuidando do problema de base sem demora, os sintomas tendem a sumir. 
 

4. Câncer

Há tumores que surgem nos olhos, como o retinoblastoma. Mais presente na infância, ele atinge cerca de 400 crianças por ano no Brasil e acarreta um reflexo branco na pupila que é observado ao irradiar uma luz artificial no globo ocular. O diagnóstico precoce catapulta as chances de cura e preservação da visão — o teste do olhinho auxilia nesse sentido. Mas o elo entre oftalmologia e oncologia não para por aí.
 

5. Doenças sexualmente transmissíveis

Poderíamos citar várias, mas ficaremos em duas: aids e sífilis. Na primeira, a queda de imunidade faz com que inimigos oportunistas, como citomegalovírus e herpes, danifiquem até os olhos. Dor, dificuldade pra enxergar e vermelhidão merecem investigação. No mais, o déficit imune abre as portas para o sarcoma de Kaposi, um câncer que às vezes se instala no órgão da visão.Ainda bem que, com tratamento adequado, tais consequências são raras hoje em dia. “A evolução dos antirretrovirais possibilitou um melhor controle do HIV”, comemora Celso Granato, infectologista do Fleury Medicina e Saúde. 
 

A bactéria da sífilis, por sua vez, é capaz de cair na circulação e desembarcar nos olhos.  E um estudo da Universidade de São Paulo sugere um aumento nos episódios de cegueira no Brasil causado pela infecção. Para prevenir, use camisinha. 
 

Fonte: Saúde